blog

Como investir nos Estados Unidos? Aprenda com a Pride One!

04/03/20
como-investir-nos-estados-unidos - Made-USA

Como investir nos Estados Unidos? Aprenda com a Pride One!

Como investir nos Estados Unidos? Você já analisou o quanto mudamos de moeda (Réis, Cruzeiro, Cruzeiro Novo... Até chegar ao atual Real). E também já conheceu a história de venezuelanos que tinham um patrimônio, mas ao concentrar sua riqueza em um país, perderam sua qualidade de vida, mesmo ao migrar para países desenvolvidos. 

Agora, você conhece o risco de centralizar seus recursos financeiros. Sobretudo, em países instáveis, como o Brasil. Então, quer diversificar e alçar novos voos. Sabe que a moeda americana é a alternativa universal para investir internacionalmente. Então, começa a pensar: 

“Ok me convenci de que é interessante ter uma parte do meu patrimônio alocada em outro mercado, em outra moeda, enfim. Quais alternativas eu tenho?”.

A resposta você encontra com a Pride One! Acompanhe e descubra as melhores alternativas de como investir nos Estados Unidos.

Como investir nos Estados Unidos: primeiros passos

Em primeiro lugar, é preciso mudar a mentalidade

Podemos dizer que o brasileiro é um pouco mal acostumado devido às alternativas de investimento com uma alta taxa de juros real. Com liquidez praticamente imediata e “garantida”. Por exemplo, um CDB com rentabilidade e liquidez diária que vai seguir a taxa Selic.

Por outro lado, a mentalidade nos EUA, ou em outros mercados internacionais, é outra. Assim, antes de entender como investir nos Estados Unidos, é necessário compreender o que é o mercado de capitas.

O que é o mercado de capitais

O mercado de capitais é um ambiente de distribuição de valores mobiliários. Seu objetivo é gerar o máximo de liquidez aos títulos emitidos e viabilizar o processo de capitalização. Como resultado, há rentabilidade para os investidores. 

A estrutura do mercado de capitais é formada por: 

  • Bolsas de valores;
  • Sociedades;
  • Corretoras; e
  • Instituições financeiras autorizadas a operar no sistema. 

Desse modo, essas entidades negociam os ativos mobiliários principais desse mercado, que são divididos da seguinte forma:

Renda Fixa

Os títulos enquadrados nessa categoria são os chamados ativos de dívida. Eles têm uma remuneração pré-acordada, que pode ser fixa ou variar de acordo com um indexador. Por exemplo, a Selic ou Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Só para ilustrar, vamos ver as opções de renda fixa a fim de imaginar como investir nos Estados Unidos:

  • Treasure bond: é emitido pelo Departamento do Tesouro dos EUA, com remuneração pré-fixado ou pós-fixada, como nas que são indexadas a índices internacionais, como o LIBOR - London Interbank Offered Rate;
  • Depositary receipt: é um título privado emitido por bancos com a finalidade de captar recursos. O lastro costuma ser em títulos de valores mobiliários;
  • Bonds: são títulos de dívidas emitidos por empresas de capital aberto. Por isso, o investidor assume o papel de credor do título. A remuneração é definida no contrato;
  • Certificate of deposit: é similar aos bonds, mas é emitido por banco ou instituições financeiras. Tem a finalidade de captar recursos para companhias.

Renda Variável

Por outro lado, os ativos classificados como renda variável são caracterizados por terem retornos não previsíveis. Dessa maneira, você nunca tem certeza de quanto vai ganhar e está mais suscetível às oscilações do mercado. Por isso, há um risco maior.

Ainda assim, vale a pena, após ter sua reserva de emergência formada. Afinal, é o ativo com maior potencial de rentabilidade, se comparado à renda fixa. 

Vamos analisar como investir nos Estados Unidos por meio de ativos de renda variável? 

Entre as alternativas de ativos estão:

  • Exchange Traded Funds (ETF’s): são fundos de ações referenciados pelo índice da bolsa de valores. O propósito do gestor é ficar além do resultado desse indexador;
  • Commercial papers: são notas promissórias de curto prazo, cuja finalidade é financiar o capital de giro das empresas; 
  • Opções: consistem em contratos nos quais é negociado o direito de comprar ou vender um lote de ações por um valor fixo, chamado de strike ou de exercício; 
  • Derivativos: são contratos cujo preço de mercado é originário de um bem ou instrumento financeiro. Em outras palavras, seu valor varia conforme o outro produto;
  • Ações: são emitidas por sociedades anônimas (SAs) e representam uma parte da empresa. O investidor se torna um coproprietário e participa dos seus resultados. Aqui também estão ações de Reit’s - Real Estate Investment Trust.

Além desses, outros ativos podem ser negociados. Só para exemplificar, direitos e recibos de subscrição dos valores mobiliários. E também os certificados de depósitos de ações, contratos futuros e etc.

Todavia, vamos focar em ações de empresas com estratégia e fundamentos sólidos, que tenham pagamentos de dividendos recorrentes e seguros. Assim, com Reit’s com mesmas características.

O mercado de capitais nos EUA

Nos Estados Unidos, o mercado de capitais já está consolidado. Apesar de existirem quedas, as perspectivas sempre são positivas. Conforme Warren Buffet, maior investidor da história, citou:

“A América é uma poderosa máquina econômica que, desde 1776, funcionou e continuará funcionando”.

Mas, você pode estar se perguntando o que isso significa.

De fato, a economia dos Estados Unidos representa uma oportunidade para aproveitar e ganhar dinheiro

Enquanto as empresas continuarem em crescimento, você terá chance de evoluir também. Os avanços tecnológicos ainda contribuem mais, já que deixam a moeda americana mais forte.

Assim, ao optar por investir no mercado de capitais dos Estados Unidos, você está protegido das incertezas políticas e econômicas que afetam o Brasil

Esse já é um bom motivo para começar a investir, certo? Para aumentar sua certeza, a seguir, vamos explicar melhor a função do mercado de capitais. Dessa maneira, você vai entender como ele se relaciona aos investimentos nos Estados Unidos.

Qual a principal função do mercado de capitais

O mercado de capitais é constituído por um conjunto de instrumentos, instituições e agentes econômicos. A missão desses agentes é mobilizar recursos de poupança financeira de pessoas físicas, empresas e outras unidades econômicas que têm excedentes financeiros e promover sua alocação eficiente a fim de financiar a produção, a comercialização e o investimento das empresas e o consumo das famílias.

Então, perceba que sua função principal é garantir a captação de recursos pelas companhias do país a partir da emissão de valores mobiliários. A regra é válida para o Brasil e para os Estados Unidos.

A partir da emissão, pessoas físicas e jurídicas mobilizam seus recursos e fazem a compra dos ativos. A expectativa é de rentabilidade futura, no curto ou no longo prazo. Então, a aquisição é feita de maneira direta, sem intermediação.

Mas, qual a diferença entre o mercado brasileiro e o americano? Como investir nos Estados Unidos pode ser diferente?

A resposta é simples: a solidez.

Enquanto nos EUA este mercado existe há mais de um século, por aqui ainda é incipiente. Consequentemente, mais volátil.

A economia brasileira é emergente, lembram?

Desse modo, está mais suscetível a aspectos internos e externos. Portanto, há situações de quedas frequentes, o que não ocorre com tanta periodicidade no território americano.

Nesse contexto, o investimento no exterior tem como finalidade proteger seu patrimônio. Ainda mais quando as aplicações são feitas em dólar. Isso porque, se uma crise local afetar o Brasil, a moeda americana se valoriza. Logo, o seu investimento também é valorizado.

Viu como investir nos Estados Unidos vale a pena?

O que o mercado de capitais representa no mercado financeiro

Integrante do mercado financeiro, o ambiente dos ativos mobiliários é um dos mais democráticos. Ou seja, qualquer pessoa tem chance de investir, pois não existe valor mínimo para aplicação. Além disso, há muitos materiais na internet para ajudar nessa empreitada — um exemplo é este conteúdo.

Assim, você pode ganhar dinheiro, mesmo sem ser um expert. É claro que existem riscos, mas há alternativas para reduzi-los. Nesse sentido, uma das principais estratégias é a da diversificação. Ao aliar renda fixa e variável, você tem mais chance de obter o retorno desejado e compensar possíveis perdas.

Ainda podemos destacar que os interesses no mercado de capitais financiam diversas operações existentes no ambiente financeiro. As empresas têm chance de adquirir novos equipamentos, executar projetos e inovar.

O que isso significa?

Como investidor, você é o beneficiado ao receber o retorno do montante aplicado. Com os juros recebidos, conquista seus objetivos e constrói seu patrimônio. Ao mesmo tempo, aplica seu dinheiro em uma companhia transparente. Afinal, capital aberto implica divulgar os dados e as informações disponíveis.

Características do mercado de capitais americano

Número de empresas listadas:

  • New York Stock Exchange - NYSE – 2.400
  • Nasdaq – US – 3.100
  • B3 - Brasil Bolsa Balcão - 340

Capitalização de mercado doméstico (USD trillion):

  • New York Stock Exchange - NYSE – USD 26.2 
  • Nasdaq – USD 16.9 
  • B3 - Brasil Bolsa Balcão - USD 0.9 

Considerando as 20 maiores bolsas de valores do mercado mundial, a NYSE e Nasdaq representam aproximadamente 45%. Sendo respectivamente 35% e 15%. Ocupam a primeira e segunda posição em capitalização do mercado global.

A B3 — Brasil Bolsa Balcão — ocupa a 20ª posição no mercado. Isso representa, aproximadamente, 1%. Também considerando as 20 maiores.

Principais índices das bolsas de valores dos EUA

Primeiro, vamos entender o que é S&P 500?

Esta é a abreviatura do Standard & Poor's 500 Index. Trata-se de um índice financeiro que lista as maiores ações (por valor) cotadas nas bolsas americanas.

Esse índice inclui 500 empresas líderes e reflete aproximadamente 80% da cobertura de capitalização de mercado de ações dos EUA. Ele surgiu oficialmente em 4 de março de 1957. Lançado pela Standard & Poor's (justamente daí vem o nome S&P).

Sua metodologia de constituição e ponderação o diferencia de índices como o Dow Jones Industrial Average ou o NASDAQ. Assim, muitos consideram a melhor representação do mercado de ações dos EUA e um barômetro da economia americana. O patrimônio estimado do S&P 500 está avaliado em cerca de US$ 20 trilhões, com uma pontuação média de 2,7 mil.

Além disso, ainda vale conferir:

O que é NASDAQ Composite?

NASDAQ Composite é um índice de mercado, considerado um dos mais importantes no universo financeiro. Principalmente, no mercado de capitais dos EUA. Ao lado de Dow Jones Average e S&P 500, é um dos três mais acompanhados.  E também é o mais “jovem” deste grupo.

Desse modo, para calcular o NASDAQ Composite, são consideradas mais de 3.300 ações listadas na Bolsa NASDAQ. Por sua vez, é o 2º maior mercado de ações do mundo, depois da Bolsa de Nova Iorque.

Ainda, podemos observar que esse índice favorece, principalmente, ações ordinárias de empresas de TI

Além disso, também inclui outros ativos, como REITs, ADRs, interesses em parcerias limitadas. Ações preferenciais, fundos (ETFs), units, debentures e outros derivativos não são elegíveis para compor o índice.

Vale a pena comentar que o NASDAQ Composite não inclui apenas empresas com sede nos EUA. Por isso, ele é seguido mundialmente por investidores que buscam compreender melhor o mercado financeiro. Logo, é um excelente recurso de aprendizado em como investir nos Estados Unidos.

O que é o índice Dow Jones?

Também conhecido como Dow Jones Industrial Average, está entre os principais indicadores financeiros do mercado de ações norte-americano. Para chegar a um resultado, o índice avalia as trinta grandes ações industriais registradas na Bolsa de Nova York. Na bolsa, são negociadas as ações das maiores empresas americanas. 

Foi criado em 1896, pelo jornalista Charles Dow com o apoio de seu parceiro de negócios Edward Davis Jones. Ambos, sócios-fundadores do The Wall Street Journal. Até hoje, o índice influencia investidores do mundo inteiro na análise do mercado e comportamento de preços das ações.

Como entender o mercado de capitais

Finalmente, para saber como investir nos Estados Unidos, vamos entender o mercado de capitais?

Existem duas classificações para este mercado. Elas representam o fluxo de recursos para o financiamento. Por isso, precisam ser compreendidas. Veja quais são elas:

Mercado primário

É o ambiente em que o título é emitido e negociado pela primeira vez. É conhecido como Initial Public Offering (IPO). Nesse momento, as empresas conseguem recursos para os investimentos necessários e os bancos obtêm capital para financiar as atividades.

Sendo assim, muitos investidores entendem o IPO como uma oportunidade para alcançar lucros elevados. Essa estratégia é baseada no lançamento em valor mais baixo, que tende a se valorizar em pouco tempo.

Mercado secundário

Neste, é realizada uma negociação entre dois proprietários de ativos. O objetivo é gerar liquidez aos ativos financeiros.

De maneira geral, você tende a rentabilizar mais com o mercado secundário. Afinal, pode vender na alta e comprar na baixa. No primário, você tem apenas uma chance de adquirir os títulos que deseja.

As quantias conseguidas são mais direcionadas aos investidores. Para rentabilizar seu capital, você nem sempre precisa vender os títulos que tem. Existem outras estratégias, a depender dos seus objetivos.

Agora que você já sabe como começar, que tal ver dicas práticas para investir nos EUA? Confira a seguir!


Banner-Envio-USA-BRA-To-World-Blog

Real Estates e Business.

Saindo do mercado de capitais, para concluir, podemos citar o mercado imobiliário e de negócios como alternativa de investimentos

aquisição de imóveis e operações de negócios também é uma estratégia muito utiliza por alguns investidores participantes desse mercado. Só para exemplificar, oportunidades em imóveis na área na Residencial, Comercial, Flipping Houses e de Negócios:

  • Absolute Net Lease;
  • Triple Net Properties – NNN;
  • Multifamily;
  • Shopping Centers
  • Office;
  • Warehouse;
  • Hotels;
  • Land;
  • Gas Station e Business.

Portanto, antes de pensar em como investir nos Estados Unidos, abra sua mente para as características do mercado de capitais. Fique por dentro da sua representatividade no mercado financeiro americanos e as possibilidades de reduzir riscos. Para isso, alie investimentos de renda fixa e variável. Assim, sem dúvida, ao formar sua reserva de emergência, sua rentabilidade será maior e seu patrimônio estará mais assegurado.

Então, continue acompanhando nossos conteúdos e veja mais informações sobre como investir nos Estados Unidos!

#eusouprideone #iamprideone

Carlos Augusto
Founder / CEO – Pride One

Se você gosta do meu trabalho, seja um Patrono para me encorajar a fazer mais. Obrigado!

Compartilhe esse conhecimento

Artigos Relacionados

O poder da Constelação Sistêmica para o desenvolvimento humano e de suas finanças
20/05/24

Como a Constelação Sistêmica Familiar pode atuar no seu relacionamento com o dinheiro e motivar seu crescimento financeiro

Descubra como a Constelação Sistêmica Familiar é uma estratégia que ajuda você a se desenvolver pessoalmente e como investidor de alto nível.
Como receber salário do exterior pode ser mais simples e seguro
26/04/24

Como receber salário do exterior com segurança e sem taxas abusivas

Quer descobrir como receber salário do exterior sem letra miúdas, taxas abusivas e com muito mais tranquilidade e segurança? Leia aqui!
Relação entre câmbio e expansão de negócios a nível global
27/02/24

Câmbio: O Segredo para Expandir seus Negócios Além das Fronteiras

Descubra a importância do entendimento de câmbio para alavancar seu negócio. Dicas práticas e essenciais para expansão de negócios à nível global.
1 2 3 63
Contato

Fale Conosco

Meu nome é Carlos Augusto e estarei guiando você nas áreas de câmbio, remessa e investimento.

Vamos falar sobre como ampliar os seus horizontes de investimentos juntos?

Envie seus dados que entrarei em contato com você.

    Eu concordo em receber comunicações, de acordo com o Aviso de Privacidade da Pride One.
    Ao informar meus dados, eu concordo com o Aviso de Privacidade.

    Florianópolis - SC - BRA - 88035-200

    Atendimento online por videochamada (Google Meet). Para reunião presencial consulte disponibilidade.

    Não realizamos venda de papel
    moeda no local.

    E-mail: fln@prideone.online
    Orlando - FL - USA - 32819

    Atendimento online através de videochamada (Google Meet). Para reunião presencial consulte disponibilidade.

    E-mail: mco@prideone.online
    Siga nossas Redes Sociais
    PRIDE ONE
    EXCHANGE – REMITTANCE - INVESTMENT
    Made with PRIDE in Florianópolis – SC – Brazil and Orlando – FL – USA
    PRIDE ONE SOLUÇÕES LTDA é um correspondente cambial credenciado pelo Banco Central do Brasil.
    PRIDE ONE SOLUTIONS LLC é um agente autorizado da Golden Money Transfer, Inc.
    Não realizamos negócios nem mantemos o dinheiro de clientes.
    Toda comunicação através da rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas.
    Esse site é seguro. Trabalhamos 100% em criptografia SSL.
    cross